Search

As idas e vindas das famosas "turnês de despedida"





A história do rock está repleta de bandas e artistas solo que despediram-se de seus fãs e depois voltaram à estrada. E enquanto alguns costumam criticar a decisão de se reunir para ganhar dinheiro e nada mais, no final das contas, são os fãs que saem ganhanado. Vamos dar uma olhada em algumas das "turnês finais" mais memoráveis .


The Eagles

Por que eles se separaram: a tensão nos Eagles estava alta em 1980. As coisas estavam tão ruins que o cofundador Glenn Frey e o guitarrista Don Felder até trocaram farpas e ameaças no palco. Embora a dupla não tenha sofrido golpes físicos após a apresentação malfadada, a escrita estava na parede.


O que eles disseram: Questionado sobre a possibilidade de a banda se reunir mais adiante, o co-fundador Don Henley insistiu que o grupo só se reuniria "quando o inferno congelar".

Quanto tempo até que eles voltassem: em 1993, os Eagles voaram novamente, aparecendo juntos no cover de "Take It Easy" de Travis Tritt, seguido pela turnê do ano seguinte apropriadamente chamada Hell Freezes Over, na qual eles tocaram 160 shows em todo o mundo. E apesar do lançamento do DVD Farewell 1 Tour: Live From Melbourne em 2005, Frey admitiu em uma entrevista no DVD que o título não tinha nada a ver com um plano de parar de fazer turnê.


Por que eles se separaram (de novo): a morte inesperada de Frey no início de 2016, compreensivelmente, colocou o futuro da banda em dúvida.

Quanto tempo até que eles voltassem (de novo): A banda renasceu pela segunda vez em 2017 e incluiu Vince Gill e o filho de Glenn Frey, Deacon em suas fileiras. Henley deu a entender que a banda não teria sido capaz de ressurgir sem o "sangue da família Frey" fazendo parte do grupo.


Elton John

O que ele disse: pouco mais de dois anos após uma tentativa de suicídio, Elton John tinha apenas um punhado de músicas em seu show de 3 de novembro de 1977 na famosa Wembley Arena de Londres, quando surpreendeu a multidão dizendo: “Eu não estou em turnê por um longo tempo e foi uma decisão dolorosa se devo voltar para a estrada ... mas eu tomei uma decisão e este é o último show que farei. ”


Quanto tempo até ele estar de volta à estrada: Em fevereiro de 1979, John estava de volta à estrada, apresentando-se apenas com o percussionista Ray Cooper em uma longa série de datas na União Soviética.


O que ele disse (de novo): Embora John tivesse, recentemente em 2016, negado a aposentadoria, ele também admitiu anos antes que a chegada de seu filho Zachary forçou-o a reavaliar seu papel tanto como pai quanto como artista. E assim, no início de 2018, John confirmou que iria embarcar em uma turnê de despedida de três anos, esclarecendo que isso marca o fim de sua carreira em turnês. No entanto, o guitarrista de longa data Davey Johnstone acredita que eles ainda se apresentarão ocasionalmente em festivais ou datas únicas.


Motley Crue

Por que eles se separaram: Em meio a muita pompa e circunstância, o Motley Crue assinou um "Acordo de Cessação do Touring", que afirmava que todos os quatro membros concordaram em nunca mais fazer uma turnê como Motley Crue - a menos que todos concordassem em fazê-lo. A data final da turnê final, 31 de dezembro de 2015, foi gravada para o CD e DVD The End: Live in Los Angeles.


O que eles disseram: "Vocês da imprensa, continuem procurando a brecha", disse o baixista Nikki Sixx. "Vamos cumprir nossa palavra."


Quanto tempo até que eles voltassem: cinco anos. Após o lançamento do filme The Dirt, em 2019, o grupo estava, sem dúvida, maior do que nunca, supostamente vendo um aumento de 350 por cento no streaming de música, enquanto uma nova geração de fãs estava ouvindo a banda pela primeira vez. Não surpreendentemente, isso levou o Motley Crue a explodir seu "Acordo de Cessação do Touring" .




The Who

O que aconteceu: um pouco mais de três anos após a morte do baterista Keith Moon, os membros do Who estavam sentindo-se mal um com o outro. Pete Townshend também queria concentrar-se mais em sua carreira solo. Não faltaram fatores que levaram o Who a seguir caminhos separados após a turnê de divulgação de It's Hard, de 1982.


O que eles disseram: "Eu sabia em meu coração que o Who havia perdido contato com nossa base de fãs", escreveu Townshend em sua autobiografia, Who I Am.


Quanto tempo até que eles voltassem: The Who reuniu-se para tocar Live Aid em 1985, mas não montou uma turnê completa até 1989, em comemoração ao seu 25º aniversário. Nem todo mundo ficou tão impressionado. O Los Angeles Times disse que [a banda] "conjurou visões de um pugilista veterano que, movido por ego ou dinheiro, simplesmente não consegue desistir".


Quanto tempo até que eles voltassem a ficar juntos (de novo): Em 1996, o Who levantou-se mais uma vez, se reunindo para tocar Quadrophenia, e continua se apresentando regularmente desde então.


Kiss

O que eles disseram: Após uma turnê mundial de sucesso em 1996-97, que reuniu os membros fundadores Ace Frehley e Peter Criss, o Kiss embarcou em uma turnê de despedida na virada para o século 21. “Às vezes as pessoas pensam que quando você anuncia uma turnê de despedida, é uma manobra [e] que você vai fazer isso de novo e de novo”, disse Paul Stanley. "Algumas bandas fizeram turnês de despedida [mas] nunca dissemos que íamos fazer isso antes. É melhor sair um pouco mais cedo do que ficar até tarde."


Quanto tempo até que eles estivessem de volta à estrada: em 2004, Kiss voltou com o guitarrista Tommy Thayer no lugar de Frehley e Eric Singer no banco da bateria anteriormente ocupado por Criss.


O que eles disseram (de novo): Depois de fazer uma turnê com essa formação estável por quase uma década e meia, o Kiss anunciou sua turnê End of the Road durante uma aparição no America's Got Talent em setembro de 2018. O show final da banda acontecerá em Nova York em 17 de julho de 2021. O empresário do Kiss, Doc McGhee, revelou que cada ex-membro sobrevivente da banda foi abordado sobre a possibilidade de participar do último show do grupo.


Ozzy Osbourne

O que ele disse: citando o desejo de passar mais tempo com sua família, junto com um falso diagnóstico de esclerose múltipla, Ozzy Osbourne estava pronto para desistir da vida em turnê e embarcou em sua viagem de aposentadoria No More Tours em meados de 1992. A turnê terminou aproximadamente cinco meses depois. "É um show de despedida no sentido de que não estarei mais agitado, vivendo mais com uma mala. Tenho filhos com quem quero passar mais tempo em casa e menos tempo na estrada", Osbourne disse em uma entrevista de 1992.


Quanto tempo até que ele estivesse de volta à estrada: Quando Ozzy soube que não estava em uma batalha contra a EM, ele decidiu retomar sua carreira. Em junho de 1995, ele lançou o descaradamente intitulado Retirement Sucks Tour, seguido pelo lançamento de Ozzmosis naquele outubro.


O que ele disse (de novo): Menos de um ano após sua turnê de despedida com o Black Sabbath concluída em 2017, Osbourne fez referência à primeira jornada de despedida solo quando anunciou sua No More Tours 2.




Scorpions

O que eles disseram: Em 2010, Scorpions anunciou planos de encerrar após o ciclo promocional de Sting in the Tail. Em uma entrevista em vídeo, o vocalista Klaus Meine disse: "Não pensamos em reuniões porque dissemos que é uma turnê de despedida. Após 40 anos e uma longa carreira, sentimos que devemos a nós mesmos e aos nossos fãs encerrar nossa carreira “na alta”."


O que aconteceu: Enquanto estavam na estrada para divulgar aquele álbum, as lendas do Rock alemão perceberam que agora estavam conectando-se a uma geração mais jovem de fãs e mudaram de idéia. Em conversa com o Arizona Republic em 2017, o guitarrista do Scorpions, Mathias Jabs, disse que toda a ideia para uma "turnê de despedida" do Scorpions veio de seu empresário na época e que os músicos realmente não queriam sair. “Pensamos, racionalmente, que seria uma boa ideia dizer 'tchau' enquanto ainda estávamos na melhor forma, deixar a cena com a melhor impressão e ser lembrado como uma banda que anda por aí como louca ... Então adiamos o fim de tudo e agora não sabemos. Aprendemos também que não adianta dizer: 'Este é o último concerto!' "


Doobie Brothers

Por que eles se separaram: Os Doobie Brothers sofreram uma infinidade de mudanças na formação ao longo dos anos, mas estavam simplesmente esgotados quando os anos 80 chegaram. Eles conseguiram gravar um último álbum de estúdio, One Step Closer, de 1980, e uma turnê de despedida em 1982 antes de fechar a cortina sobre a banda.


O que eles disseram: Não conseguimos encontrar nenhuma citação deles na época, mas Jack T. Colton (Michael Douglas em Romancing the Stone) ficou muito irritado quando descobriu sobre isso.


Quanto tempo até que eles voltassem: Em 1987, a maioria dos ex-Doobie Brothers se reuniram para uma série de shows beneficentes, que por sua vez levou a uma turnê de reunião bem-sucedida e um single de sucesso ("The Doctor") aproximadamente dois anos depois. Desde então, a banda tem sustentado uma vida na estrada, com uma turnê de 50 anos que traz Michael McDonald, que tem contribuído periodicamente para o grupo desde a separação inicial.


Judas Priest

O que eles disseram: Judas Priest pretendia que sua Epitaph World Tour 2011 fosse a última, com o guitarrista fundador K.K. , que aposentou-se da banda seis semanas antes do primeiro show. Mais tarde, ele admitiu que os relacionamentos dentro da banda estavam tensos e que isso foi um fator que contribuiu para sua decisão. "[A turnê de despedida] dificilmente é o fim da banda [mas] é nossa última turnê mundial", disse Glenn Tipton em uma entrevista coletiva em 2011. "Isso tira uma grande parte da sua vida. Fazemos isso há quase 40 anos [mas] não quer dizer que será nosso último show. Nunca recusaríamos datas apropriadas se nos fossem oferecidos no futuro."


O que aconteceu: durante a turnê "final", a banda viu-se energizada pelo novo recruta Richie Faulkner e anunciou planos de continuar. Desde então, eles lançaram dois álbuns de estúdio, Redeemer of Souls de 2014 e Firepower em 2018.



Black Sabbath

Questionado em uma entrevista se “ The las Supper” foi a última turnê da banda, o guitarrista Tony Iommi respondeu: "É difícil para mim porque carreguei a bandeira todos esses anos, então é difícil pensar nisso. Então, nós realmente não sabemos - eu não realmente não sei - o que vai acontecer. Você nunca pode dizer nunca, pode? "


Quanto tempo até que eles voltassem: como aconteceu com a aposentadoria prematura de Osbourne no início daquela década, não era para acontecer. Um pouco mais de um ano após o último show da turnê The Last Supper, eles estavam gravando com Rick Rubin. Embora essas faixas nunca tenham sido concluídas, eles se reagruparam, embora sem o baterista Bill Ward, em 2011, pra gravar o álbum ” 13.” Em 2016, eles embarcaram em outra jornada final, The End, que terminou em 4 de fevereiro de 2017 em sua cidade natal, Birmingham, Inglaterra. É realmente o fim? Antes que a névoa de fumaça de gelo seco tivesse se dissipado completamente daquele último show, Tony Iommi disse que tinha certeza de que havia mais por vir da banda.

Texto escrito por Oswaldo Marques

https://www.facebook.com/oswaldo5150/



Versão traduzida de https://ultimateclassicrock.com/fake-farewell-tours/?utm_source=tsmclip&utm_medium=referral

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • White Flickr Icon
  • White Google+ Icon

© Todos os direitos reservados a Rádio Web Stay Rock Brazil