Search

Black Moon Riders: Novas influências no single “We Are The Riders”


A banda Black Moon Riders acaba de lançar o seu novo single, “We Are The Riders”. Com arranjos de Magnus Wichimann (Rage In My Eyes), a música incorpora elementos de Soul e Rhythm and Blues ao Heavy Metal e Shock Rock praticado pelo grupo. Para a gravação, Átila Ferrarez (voz), Rudimar Marchant (baixo) e Rômulo Inamoratto (guitarra), contaram com o apoio de Andrêss Fontanella (bateria), Yuseff Lima (backing vocal) e Rochele Fernanda (backing vocal), que também é responsável pelo vocal coach e contribuiu na produção do coral de vozes. A gravação aconteceu no From Hellcords Sudios, com produção, mixagem e masterização de Henrique Fioravanti. A arte da capa ficou a cargo de Gabriel Lauxen. Confira o single: https://open.spotify.com/album/2EQOS5s7Oly7N6ZlKVucRx#_=_

Átila fala sobre a temática da canção: “We are the Riders é um convite para todos se unirem à banda e juntos enfrentarem seus medos. Por um mundo mais humano e igualitário. Sem preconceito, sem ódio, um mundo que aceite as pessoas como elas são. A música foi feita em parceria com um antigo colaborador da banda, Leonardo Theobald, mas eu queria dar um ar mais atual para a composição, que representasse a nova fase da banda. Então chamei o Magnus Wichmann para os arranjos, outro parceiro de longa data. Eu queria dar um ar mais Motown Records, mais Black Music, que são minhas as influências, junto com o Metal e outras tantas”. Para a escolha dos timbres utilizados nos riffs e solos, Rômulo destaca quais foram suas principais referências: “Tenho como grande influência o Metal dos anos 80 e 90, sou grande fã do Zakk Wylde e Kirk Hammett. Procurei buscar uma sonoridade semelhante, agregando minha técnica para criação dos solos e execução da música em si. A gravação sempre é um momento complicado, a técnica é colocada em prova e temos que ter tudo resolvido para chegar tranquilo no estúdio”. O baixista Rudimar acrescenta: “Participar da gravação e lançamento de We Are the Riders foi muito emocionante por poder contribuir e consolidar esta nova etapa da banda. Ao gravar o baixo para esta música, tive ideia de colocar um pouco de drive para dar um toque mais agressivo ao grave e acompanhar o peso da guitarra de forma homogênea”. Já Andress, que atuou como baterista convidado, explica qual foi a fonte do peso que colocou na sua batida: “Ser convidado para Gravar a We Are The Riders foi uma grande felicidade para mim. A música me remete totalmente ao tipo de som que comecei a escutar na minha adolescência, como Black Sabbath, Black Label Society, Deep Purple, Wolfmother, etc. Então pode se dizer que foi quase como estar em casa pra mim. Resolvi seguir uma linha mais orientada para groove, peso e tentando priorizar a adição de dinâmica pra música, pontuando sempre o que os outros músicos fazem. Nesse caso é como se eu tentasse pensar como um dos meus bateristas favoritos, o Bill Ward. Esse single não merecia nada menos do que isso”. Após o lançamento de “We Are The Riders”, a Black Moon Riders já inicia o processo de produção do seu próximo single, “The Moon is Calling”, ainda sem data de lançamento. Imagem: Gabriel Lauxen Contatos: Black Moon Riders Official


Mateus Rister Jornalista e Assessor de Comunicação Insanity Records

www.insanityrecords.com.br

www.fb.com/insanityrecordsoficial

www.twitter.com/InsanityRecordz

www.instagram.com/insanityrecordz

+55 51 98192-7057

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • White Flickr Icon
  • White Google+ Icon

© Todos os direitos reservados a Rádio Web Stay Rock Brazil