Search

Eminence: 'Dark Echoes', novo álbum, está disponível


Sucessor do EP "Minds Apart" (2018) foi disponibilizado em todas as plataformas digitais pela Blood Blast, subsidiária digital da gravadora alemã Nuclear Blast | Foto: Henrique Gualtieri


Após ter lançado quatro singles, alguns apresentados em primeira mão em portais como Loudwire e Knotfest, site do festival criado pelo Slipknot, o Eminence lança "Dark Echoes", disponibilizado em todas as plataformas digitais pela Blood Blast, subsidiária digital da gravadora alemã Nuclear Blast. Junto ao lançamento oficial, o grupo lança o videoclipe de "Burn it Again", o quinto single. "O clipe da 'Burn it Again' é uma espécie de resumo de tudo que fizemos durante o período de pandemia, que se iniciou em abril de 2020. As imagens fazem parte do documentário que vamos lançar daqui a dois meses", revelou o guitarrista Alan Wallace. "Quisemos mostrar um pouco do estúdio, da produção e do que aconteceu nessa fase. A música merecia um clipe, mas devido a todo o esquema do coronavírus não dava para a gente entrar no estúdio para fazer um vídeo específico para ela. Então, aproveitamos as imagens e fizemos um webclipe, com trechos durante todo o processo de gravação", completou.

Veja o clipe de "Burn it Again", filmado, dirigido e editado por Davidson Mainart, em https://youtu.be/XPkiNm8kTq0

O sexto álbum de estúdio da banda mineira, formada por Bruno Paraguay (vocal), Alan Wallace (guitarra), Davidson Mainart (baixo) e Alexandre Oliveira (bateria, The Troops of Doom, Tianastácia e Raising Conviction), teve a arte de capa criada pelo artista carioca Rafael Moco. Com gravações no Maçonaria do Áudio, em Nova Lima (MG), o material foi produzido pelo dinamarquês Tue Madsen (Antfarm Studios), conhecido por seu trabalho ao lado de nomes como Moonspell, Behemoth, Meshuggah, Rob Halford, Vader, Dark Tranquillity, Kataklysm, Suicide Silence e Heaven Shall Burn. Além de ter renome mundial, o produtor dinamarquês trabalhou no ano passado ao lado de Alan Wallace no projeto No Life on Earth. "Nós fizemos a pré-produção de 'Dark Echoes' durante nove meses consecutivos em 2020, em meio à pandemia do coronavírus, com cada integrante em sua casa", detalhou Wallace. "Este é o quarto trabalho de estúdio que fazemos com o produtor Tue Madsen. E, de fato, o consideramos como o quinto membro do Eminence", acrescentou. A faixa-título, que traz a participação especial do vocalista sueco Björn "Speed" Strid (Soilwork, The Night Flight Orchestra, At the Movies e Gathering of Kings) e de Rodrigo Garcia (Orquestra Mineira de Rock nos Cellos), fala sobre protesto e aborda temas políticos, a desigualdade social, racismo e homofobia. "Não devemos nos calar diante do que está acontecendo no Brasil e no mundo", explicou Wallace. Confira o videoclipe de "Dark Echoes", dirigido e editado por Bruno Paraguay e codirigido por Davidson Mainart, em https://youtu.be/L2Xpx0_rQQw

Já o single/clipe "Into the Ashes" traz a presença do tecladista Márcio Buzelin (Jota Quest) no piano e do músico e DJ Marco AS nos samplers, e o clipe conta com Débora Roots, dançarina do Grupo o Corpo. "A letra fala de algo que a gente queria ter de volta o mais rápido possível, que é a vida normal. Porém, infelizmente não podemos ter isso pelo menos por agora. Assim, por todo o conceito, não quisemos mostrar a banda e colocar esse lado da dança contemporânea", detalhou o guitarrista. "As participações de Márcio Buzelin, do Jota Quest, e de Marco AS foram cruciais", acrescentou. Veja o videoclipe de "Into the Ashes", dirigido e editado por Bruno Paraguay e codirigido por Davidson Mainart em https://youtu.be/bk4UVA7MtOQ

A faixa "Byog", que também saiu em videoclipe, critica pessoas que matam, exploram e usam a religião em troca de um lugar ao céu – Byog: Be your own God – seja o seu próprio Deus. "'Byog' foi uma das primeiras composições desse disco e quis retratar algo que me incomoda muito. Você pode seguir qualquer religião, mas seja seu próprio Deus", comentou o vocalista Bruno Paraguay, que dirigiu e editou o clipe, que contou com coprodução do baixista Davidson Mainart. Confira o clipe "Byog" em https://youtu.be/cBvSSyKo2UU

"Wake up the Blind", que conta com a participação especial do guitarrista Jean Patton (Project46) e teve o clipe lançado no Dia da Terra (22 de abril), fala sobre o quanto os seres humanos são egoístas e gananciosos. "A raça humana não respeita o planeta e os impactos ambientais estão se tornando irreversíveis. Estamos caminhando para um colapso global, pois a natureza está cobrando de volta os impactos no meio ambiente", comentou Bruno Paraguay. "O resultado disso vai ser um colapso da civilização, com falta de água e comida. Precisamos fazer este alerta, porque estamos vendo a dizimação dos seres humanos por culpa de nós mesmos. Precisamos salvar o planeta e mudar a opinião das pessoas o mais rápido possível", acrescentou. A pré-produção de "Dark Eachoes" teve início em abril de 2020 durou nove meses consecutivos, com cada integrante trabalhando de forma remota em meio à pandemia. "Eu gravava algumas ideias em casa e mandava para Davidson Mainart e Bruno Paraguay. Em setembro, nos reunimos para montar o disco e entramos em estúdio em outubro", concluiu Alan Wallace. Para ouvir o álbum "Dark Echoes", acesse: https://www.eminence.com.br/darkechoes

Formação: Bruno Paraguay (vocal) Alan Wallace (guitarra e synths) Davidson Mainart (baixo) Alexandre Oliveira (bateria) Discografia:

Faces (EP, 1997)

Eminence (EP, 1998)

Chaotic System (1999)

Humanology (2003)

The God of All Mistakes (2008)

Live Conexao Vivo (ao vivo, 2012)

The Stalker (2013)

Minds Apart (EP, 2018)

Dark Echoes (2021)

- Bio - O Eminence foi criado em 1995, em Belo Horizonte (MG), pelo guitarrista Alan Wallace. No mesmo ano, gravou a primeira demo-tape "Hunger", que marcou a cena underground mineira. Após vários shows pelo estado de Minas Gerais, o grupo começou a ganhar visibilidade e foi convidado a participar do festival "Skol Rock", em 1997. Após esse show, o nome Eminence só cresceu e, por consequência, o grupo realizou aberturas para Mercyful Fate, Motörhead e Destruction. Rodaram o mundo com turnês e shows que passaram pela Colômbia, Nova Zelândia, Estados Unidos, Suriname e China. Já se apresentaram em duas edições do "Rock in Rio" (2015 e 2019) e no Festival Woodstock na Polônia, em 2015.

Site relacionado: http://www.eminence.com.br

Mídias sociais: @eminenceband


Imprensa - ASE Music: asepress.com.br/music | music@asepress.com.br