Search

SD-1, o emblemtático pedal amarelo da Boss


O mercado de pedais de efeitos de guitarra mudou muito nas últimas quatro décadas - os designs surgiram e desapareceram aos milhares e, ainda assim, apenas um punhado de pedais alcançaram um status verdadeiramente icônico. Um desses pedais é o venerável e inimitável BOSS SD-1 Super Overdrive, que celebra seu 40º aniversário este ano.



O SD-1 foi o segundo design de pedal overdrive da BOSS e adicionou um controle de tonalidade ao Overdrive OD-1 original - enquanto o júri ainda está decidindo se esse foi o único ajuste no circuito, já que os dois pedais têm personalidades muito diferentes . No entanto, foi o SD-1 que provou ser o maior sucesso.


Por 40 anos, o SD-1 fez algo único - não apenas permaneceu um pedal de orçamento básico que milhões de guitarristas em todo o mundo usaram como seu primeiro passo para o maravilhoso mundo do overdrive, mas também permaneceu nas pedaleiras e estúdios dos maiores guitarristas do rock.


Jimmy Page, John Frusciante, Josh Homme, Johnny Greenwood, David Gilmour, Joe Satriani, Zakk Wylde, The Edge, Prince ... uma lista de chamada de alguns dos maiores e mais influentes nomes da história da guitarra, sim, mas também um lista de apenas uma pequena amostra dos guitarristas profissionais que usaram o humilde pedal amarelo da BOSS como o ingrediente secreto em seus timbres ao vivo e no estúdio.


Mas por que, neste mundo de miríades de pedais de overdrive e opções quase infinitas, esse pedal acessível continua sendo usado como um "molho secreto" em equipamentos profissionais? Bem, vamos perguntar a alguns deles.


“O que mais você pode querer de um pedal com preço que tão bom que é construído como um tanque ?” diz Pete ‘Danish Pete’ Honore - o veterano da sessão e influenciador de guitarra extremamente popular que trabalhou com todos, de Tom Jones a Nichole Sherzinger.


E como todos os pedais BOSS, esse engenhoso design de Pedal Compacto é lendariamente indestrutível - projetado em uma época em que os pedais eram ferramentas destinadas a absorver os rigores da estrada noite após noite. Essa construção semelhante a um tanque significa que o SD-1 tem longevidade - mesmo os exemplares originais dos anos 80 provavelmente estarão funcionando, não importa o quão cicatrizado o próprio invólucro possa estar.


E então há o som. E foi aqui que a BOSS realmente acertou desde o início - o circuito de recorte assimétrico patenteado do SD-1 há muito é considerado por produzir um maravilhoso overdrive que se encaixa na mixagem em qualquer gênero, e é essa versatilidade camaleônica que faz com que os roqueiros , blueseiros e os guitarristas de Metal mais radicais apreciem os encantos do SD-1.




Adam Goldsmith, guitarrista veterano, que trabalhou com Little Mix, Robbie Williams e Meatloaf, contribuiu para as trilhas sonoras de sucessos de bilheteria de Hollywood, incluindo O Hobbit, Mary Poppins Returns e Paddington 2, e contribuiu para The Voice, Strictly Come Dancing e Downton Abbey , disse:


“É apenas um som clássico, não é?” ele nos diz. “Acho que poderia ter feito 90 por cento da minha carreira com um 335 ou um Telecaster, um Deluxe Reverb e um SD-1 e tudo teria dado certo! É muito gravável, combina bem com a mixagem e é fácil conseguir um som com o qual fico feliz ”


Outro expoente do SD-1 é Dan Hawkins da banda The Darkness, cujos riffs devem muito à humilde maravilhosa do pedal amarelo. Dos acordes clássicos de Permission To Land ao novo álbum Motorheart, o poderoso SD-1 está na frente e no centro.




Todos, de Jimmy Page a Eddie Van Halen, usaram o SD-1 ao longo dos anos

“Foi meu primeiro pedal overdrive quando eu tinha cerca de 13 anos e foi isso”, Dan nos conta. “Foi o som overdrive definitivo imediatamente para mim e sempre terei um na minha pedalboard. Está em todos os álbuns que já gravamos - Love Is Only A Feeling era um SD-1 e um compressor BOSS um Space Echo . Eu não sei , mas o SD-1 tem vibrações. Eles acertaram em cheio, não acertaram? "


Certamente que sim, e é por isso que agora, 40 anos depois, estamos celebrando o SD-1. Em um mundo de Klones, RATs de baixo ganho e aspirantes a TS suficientes para chegar à lua e voltar, é realmente revigorante conectar um pedal que permaneceu fundamentalmente inalterado naquela época e ainda soa tão bem . E se você voltar em mais 40 anos, não apostaríamos contra o BOSS SD-1 continuaria a ser o ingrediente secreto que os guitarristas usam quando querem um grande som de overdrive.


versão traduzida de https://guitar.com/features/interviews/why-the-boss-sd-1-overdrive-pro-guitarists-secret-ingredient-40-years/


Tradutor : Oswaldo Marques

instagram : @oswaldoguitar


https://www.instagram.com/oswaldoguitar/


2 comments