Search

Stay Rock Brazil comemora 11 anos com evento eletrizante no Espaço Som

Updated: Mar 25

Texto: Carla Maio

Fotos: Gabi Xavier


Realizar um grande festival é um verdadeiro sonho. Reunir bandas com estilos diferentes, organizar a grade de programação a partir de inúmeras demandas, pensar nas preferências dos fãs e ter um olhar cuidadoso para a trajetória de cada um dos músicos e artistas envolvidos, nesse longo percurso chamado rock’n’roll, são alguns dos principais focos de atenção dos organizadores. Ainda assim, alguns elementos como paixão, garra, respeito, carinho e energia são essenciais para fazer a festa acontecer.


E a Festa realmente aconteceu. No último sábado (26), a Teodoro Sampaio testemunhou um dos eventos mais esperados da cena autoral, a celebração de 11 anos da Rádio Web Stay Rock Brazil. O festival, que reuniu um público com mais de 400 pessoas ao longo de 10 horas, levou ao palco do Espaço Som as bandas Ajna, Amargo Malte, Baranga, Entidade Blues, Javali, Salário Mínimo, Stormsons e Território Inimigo, em espetáculos eletrizantes, cheios de suor e balbúrdia, delícias características dos inesquecíveis shows de rock.


Muito mais que um festival, antes, um encontro caloroso de amigos e pessoas que têm em comum o engajamento e o compromisso em fazer o rock nacional rolar, é preciso destacar a presença de figuras cativas da imprensa independente como Cesar Gavin, PaulHeavy Toledo, Marco Fallador, Je Elf-Rocket, Nina Stillo, Guilherme Bussing e Amado Font Sans, além das web rádios Crazy Rock e A Marca do Rock, entre outras. Marcelo Fontanesi, da Ordem dos Músicos do Brasil, também prestigiou o evento.


Uma linda guitarra, livros, songbooks, tatuagens, cds, piercings, aulas de guitarra. E teve ainda uma galera sortuda que faturou muitos brindes durante os sorteios, inúmeros artigos conquistados por meio do apoio de patrocínios de marcas parceiras, como a SG STRINGS, a IG&T - Instituto de Guitarra e Tecnologia, o Estúdio V8, Fátima Taffo, que fez as doações dos livros Irrestível Coração de Menino - Wande Taffo e o Songbook - Como Tocar Wander Taffo e Ser Tocado por Ele !! para sorteios e principalmente o apoio do Consórcio Primo Rossi que está há 53 anos no mercado e já entregou mais de 250mil bens aos seus clientes. Acesse: www.primorossi.com.br.


Tal qual realizado na edição de 6 anos da Stay Rock Brazil em 2014, no Teatro Mars, que na ocasião conferiu homenagem às bandas Harppia e Centurias, o aniversário de 11 anos também destacou homenagem à banda Salário Mínimo, pelos 30 anos de devoção prestados ao metal nacional.


No ar desde outubro de 2008, a Rádio Web Stay Rock Brazil é exatamente isso: a união de pessoas apaixonadas por rock, com uma programação diferenciada e parcerias com pessoas que gostam de fazer rádio. Na grade, notícias e informações centradas no universo da música se misturam a conteúdos de cada uma das vertentes do rock, como Classic Rock, Progressive, Blues, Metal, entre outros.


Das “bandas largas” do streaming para o palco do Espaço Som, a Stay Rock Brazil tem o prazer de apresentar algumas das fieis representantes da cena autoral independente. E já que recordar é viver, venha experimentar mais um pouquinho desse evento que deixou em todos nós um gostinho de quero mais. A nós, só nos resta preparar os corações para o que vem por ai!


Entidade Blues


A abertura do evento contou com a energia eletrizante da banda Entidade Blues com suas investidas rítmicas que extrapolaram o gênero para demonstrar fino trato com a música. O vocalista Dudé, o guitarrista Bruno Panichi, o baixista Gil Corrêa e o baterista Ricardo Ventz apresentaram composições autorais com uma pegada sonora que marcou o início do evento com altas doses de sinergia.

“Pelo fato de comemorar mais de uma década de estrada, isso já sinaliza a existência de pessoas empenhadas e competentes, atuando na equipe da rádio”, observa o guitarrista Bruno, expressando satisfação com o público que compareceu ao evento para prestigiar as bandas e a rádio. “A Stay Rock sabe como cativar essa galera”, diz. Em um bate papo no calor das emoções, logo que a banda saiu do palco, numa mistura de suor, sede e alegria extrema, os músicos também falaram da importância do apoio da Stay Rock Brazil e das demais web rádios para a cena autoral. “Esses caras são verdadeiros heróis, em um país como o nosso, em que a Cultura está comprometida, iniciativas de trabalho com bandas independentes são sempre bem-vindas”, observa o baterista Ricardo Ventz. Em meio a esse universo do Do It Yourself, é gratificante ver pessoas que se completam no palco, lutando com honestidade para manter acesa a chama do rock nacional. “Se por um lado as bandas estão acostumadas a fazer tudo na unha e na raça, por outro, temos as web rádios, que fazem um trabalho cheio de carinho e engajamento, adoração e fanatismo, abraçando junto com as bandas essa forma de fazer a coisa acontecer”, arremata Dudé.


Amargo Malte


Cansados, mas tomados de grande alegria por realizar um show incrível, os músicos da Amargo Malte Taty Pacheco (vocal), Fábio Holanda (guitarra e voz), Edgar Zimmerman (baixo e voz) e Ruy Três Rios (bateria e voz) não escondiam evidentes satisfação e emoção. “Somos uma família, tocar com esses músicos é extremamente gratificante”, vibra Fábio. Além de se desdobrar em agradecimentos à Stay Rock Brazil, os músicos enfatizaram a inegável contribuição da vocalista Tay Pacheco, que desde que entrou na banda, em 2018, somou experiências e um vocal potente, que não apenas incrementou a sonoridade da banda, mas também forneceu outra identidade ao Amargo Malte, arrebentando e embelezando os microfones.

“A Stay Rock foi uma das primeiras web rádios a tocar o som da nossa banda, em 2016, ficamos arrepiados pois amamos o que fazemos, isso é motivo de muita alegria para todos nós, temos um carinho imenso pela rádio, pois é ela quem tem movimentado a nossa produção e dando sentido ao que fazemos”, enfatiza o baterista José Ruy Três Rios.


Javali


Direto de Americana para o aconchegante palco do Espaço Som, a banda Javali fez um show memorável, regado a composições que marcam a autenticidade e peso característicos da banda. Jaéder Menossi (guitarra), Loks Rasmussen (bateria) e Marcelo Frizzo (baixo e vocal) músicos sensacionais e com larga experiência no fazer rock’n’roll também se emocionaram com o convite para compor o casting dos 11 anos da Stay Rock Brazil. Em contrapartida, arrebentaram numa apresentação única e cheia de peso, que deixou o público do Espaço Som ainda mais agitado. “Temos que bater palmas para o trabalho da Stay Rock Brazil, que em todo o seu percurso não tem economizado energia para fazer o trabalho que faz, a equipe trabalha de sol a sol, são verdadeiros guerreiros incansáveis, e nós somos testemunhas do quanto o apoio da rádio tem feito diferença em nossa carreira”, diz Marcelo. A banda se desdobrou em agradecimento a Renato Menez, diretor-executivo da rádio, pela luta e engajamento para torná-la uma grande referência para as bandas autorais. Para o guitarrista Jaeder é uma grande oportunidade poder acompanhar de perto todo esse percurso. “Para nós, é motivo de grande alegria poder estar aqui e presenciar esse sucesso, prestigiar todo o alcance que a rádio atinge”.


Território Inimigo


Pesado, veloz e altamente contagiante e com letras em português, o show do Território Inimigo incendiou o palco do Espaço Som com letras carregadas de contestação. Para os integrantes Marcos Maccione (vocal) e André Bessa (guitarra), essa é a marca da banda Território Inimigo. “Queremos trazer um pouco de questionamento e verdade, alcançar as pessoas e fazê-las refletir ao ouvir nosso som”, explica o guitarrista. Os músicos do Território Inimigo também se deleitaram com o ambiente extremamente acolhedor do Espaço Som, que somado à grande energia da festa de 11 anos da Stay Rock, fez desse momento uma significativa referência para que mais bandas autorais possam se dedicar ao seu próprio trabalho.

“Essa rádio dá uma força fantástica para todos nós. O som que fazemos não tem muito espaço na mídia e ficamos enormemente agradecidos pela valorização do nosso trabalho. Estamos nas nuvens e felizes por contribuir com um pouco de hardcore em meio a tantas bandas incríveis”, comemora o vocalista Marcos.


Ajna


A banda Ajna, formada por Elizabeth Queiroz, a Tibet (vocal), Ivo Rocha (bateria), Lucas Pelarin e Gustavo Manzan (guitarras) e Nando Simões (baixo) sobe ao palco do Espaço Som trazendo uma pedrada em cima da outra. Com um show visceral, em que predominaram riffs e solos de guitarra bastante expressivos, a banda ofereceu ao público composições repletas de sonoridades conflitantes e cheias do peso vocal. Satisfeitos com a resposta dos fãs extasiados, eles enfatizaram a importância da Stay Rock para movimentar a cena autoral, não apenas por abrir espaço para as bandas, mas por permitir que os ouvintes tenham acesso a conteúdos de streaming até então pouco pulverizados. “Web rádios como a Stay Rock Brazil são o futuro da música, as pessoas têm a opção de ouvir pelo computador ou celular, no conforto de seus carros e lares, é realmente uma grande oportunidade para que mais gente possa conhecer nosso som e se interessar por aquilo que fazemos com grande dedicação”, vibra Tibet, reconhecida como uma das frontwoman de peso do underground.


StormSons


Uma sonoridade que prima por autenticidade e presença musical. Sem querer pesar nos adjetivos, já que palavras são apenas palavras, a banda StormSons tem como diferencial características que pouco tem a ver com música e muito mais com empatia e senso de equipe, aspectos que os músicos deixam evidentes no modo como lidam com o público e também entre si. Na opinião dos fãs que aguardavam ansiosos pelo show, a apresentação dos caras foi simplesmente avassaladora. Como forma de gratidão, Cadu Pelegrini (vocal), Bruno Luiz (guitarra), Henrique Baboom (baixo), Mateus Schanoski (teclados) e Rodrigo Abelha (bateria) devolveram com gratidão extrema o imenso suporte que a Stay Rock Brazil sempre deu à banda: “Gostaríamos de agradecer ao pessoal da rádio e do Espaco Som, às outras bandas e todos que vieram curtir os shows, esperamos que a Stay Rock possa ainda celebrar muitos anos, é realmente um grande prazer poder fazer parte desse momento histórico, sem dúvida, essa festa vai ficar marcada por muito tempo”, festeja Cadu.


Baranga


A banda Baranga quase dispensa apresentações, tamanho o trabalho de dissecação musical à qual seus músicos se dedicam. Ainda assim, é preciso dizer que Xande (vocal e guitarra), Deca (guitarra), Soneca (baixo e vocal) e Paulão (bateria), formam um time de caras brilhantes e felizes, engajados em apresentar um rock'n'roll de primeira, em um show cheio de energia, que contagiou o público e espalhou uma vibe gostosa em meio ao calor sufocante que, àquela altura, tinha tomado conta do lugar. Verdadeiramente ensopados após o show, eles ainda tiveram pique para mostrar sua satisfação em participar da festa de 11 anos da Stay Rock Brazil. “O evento está muito bacana, nós do Baranga temos muito a agradecer a iniciativas como essa, que colocam as bandas num mesmo patamar, sem discriminação com o som de ninguém, afinal, estamos todos no mesmo barco”, pondera Xande. Sobre os shows de rock, o vocalista falou ainda da importância dos fãs saírem de suas casas para aproveitar festivais como esse para conhecer novos trabalhos e sair do lugar comum. Sem exagero algum, Paulão afirma que “esse foi um dos melhores shows do qual a banda participou nos últimos tempos, juntou a energia da galera com o fôlego da banda, e a Stay Rock é isso, uma rádio que dá oportunidade às bandas de fazer o melhor, sempre”, comemora o baterista.


Salário Mínimo


Sabe aquela sobremesa gostosa que a gente reserva para comer no final? Pois foi com grande expectativa que o público do Espaço Som aguardou ansioso pela última atração da noite, a banda Salário Mínimo, que subiu ao palco trazendo repertório cativo, responsável por enlouquecer multidões ao longo dos últimos 30 anos. O reconhecimento do trabalho prestado ao metal nacional ao longo desse período não passou despercebido pela Stay Rock Brazil, que conferiu à banda placa de honra ao mérito.

“O China Lee é um grande guerreiro, sempre brigou e continua a brigar pelo metal nacional, e por isso, nós da Stay Rock Brazil desejamos que essa placa de honra ao mérito ao Salário Mínimo honre não apenas os 30 anos de estrada da banda, mas também toda a luta que a banda enfrentou e ainda enfrenta para poder abrilhantar nossos palcos”, comemora Renato Menez, diretor da Stay Rock.

No palco, o Salário Mínimo encerrou com chave de ouro e muita emoção a celebração de 11 anos de aniversário da Stay Rock Brazil, honrados com o convite e certos de que realizaram uma grande apresentação nessa festa incrível.

“Desejamos parabéns à Stay Rock, sabemos o quanto é difícil trabalhar com o nosso segmento, e ainda assim, nunca se abateram ou recuaram diante dos desafios”, observou China Lee, vocalista da banda. O guitarrista Daniel Beretta ficou perplexo com a quantidade de pessoas conhecidas que encontrou durante o evento, “a festa está muito legal, reuniu a nata do rock’n’roll paulistano”. Já o baixista Diego Lessa comemorou sua participação em mais uma edição de aniversário da rádio, já que, no ano passado, ele subiu ao palco do Espaço 555 com a banda Trezzy, na celebração dos 10 anos da Stay Rock. “É muito gratificante poder estar de novo nessa comemoração, um privilégio e prazer muito grandes”. Junior Muzilli, o guitarrista, também agradeceu à rádio. “Rock’n’roll na veia, é esse o recado que a banda Salário Mínimo deseja deixar para o evento”. O baterista Marcelo Campos ressalta a ligação da banda com a rádio. “Nossa relação é muito verdadeira, um modo de fazer com carinho e dedicação que é comum em nosso trabalho, temos muito a celebrar junto com a Stay Rock nesses 11 anos”.

SIGA A STAY ROCK BRAZIL:

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube
  • White Flickr Icon
  • White Google+ Icon

© Todos os direitos reservados a Rádio Web Stay Rock Brazil