Search

Tony Iommi sobre Eddie Van Halen: passamos por coisas semelhantes



Tony Iommi prestou homenagem a Eddie Van Halen, que morreu em outubro.


Em entrevista ao Guitar World, Iommi referiu-se ao fundador do Van Halen como um de seus "dois grandes amigos no mundo da música", e continua contando a história de seu relacionamento.


Eu tenho dois amigos realmente ótimos no mundo da música - Brian May é um e Eddie Van Halen era o outro. Eddie foi simplesmente fantástico, e sua morte é uma perda terrível. Eu me sinto muito triste por sua esposa Janie, irmão Alex e seu filho Wolfgang. É uma perda para todos, fãs e músicos.


Ele era um ser humano fabulosamente atencioso. Sempre que eu estava em Los Angeles, ligava para ele e saíamos para jantar com nossas esposas, e era adorável. Ele era tão fácil de lidar e nós apenas sentávamos e conversávamos sobre qualquer coisa. Conheci Eddie em 1978, quando o Van Halen fez uma turnê com o Sabbath. Foi a primeira turnê mundial da banda e estivemos na estrada juntos por vários meses. Tínhamos um relacionamento muito bom.




Eu costumava ver Eddie quase todas as noites depois do show, no meu quarto ou no quarto dele ou no bar ou o que quer que seja. Costumávamos apenas conversar a noite toda, e ele tem sido um grande amigo para mim desde então. Nós apenas conversamos muito sobre música, guitarras e negócios, porque o Van Halen era relativamente novo no ramo. E, às vezes ,ele trazia um violão para o meu quarto e nós tocávamos um pouco.


Eu o ouvi pela primeira vez no tour e pensei: “O quê?!?!” Sua energia e personalidade se destacaram imediatamente. Dava para ver que ele adorava tocar e era brilhante nisso.

Foi a primeira vez que ouvi suas várias técnicas, e ele ficou cada vez melhor com o passar do tempo. Sempre tive um grande respeito por seu jeito de tocar.


Mantivemos contato nos últimos anos por e-mail ou telefone. Eu estava lendo alguns de seus e-mails recentemente e eles foram realmente emocionantes. Passamos por algumas coisas semelhantes para que pudéssemos realmente nos relacionar.


Por exemplo, alguns anos atrás eu disse a ele que estava tendo problemas com a cartilagem dos meus polegares e Eddie recomendou que eu fosse para um cara que ele estava vendo na Alemanha. Então, eu fui lá e fiz essa forma de tratamento de células-tronco como o Eddie. E sim, foi muito bom. Não é bem sabido que Eddie lutava com sua artrite - estou impressionado como ele tocou bem, realmente.


Também éramos semelhantes no sentido de que nenhum de nós "seguia o livro." Nós dois trabalhamos em nossas guitarras e amplificadores para fazê-los fazer as coisas que precisávamos que fizessem. Ele gostava de separar as coisas, reconstruí-las e fazer algo do nada.


versão traduzida de Tony Iommi pays tribute to Eddie Van Halen: “He created his own guitar world – and what a world it was“ | Guitar World


tradutor : Oswaldo Marques

@oswaldoguitar